Gabriela Duarte fala sobre atuação da mãe, Regina Duarte, no governo: “recebi ameaças”

A atriz Gabriela Duarte foi a convidada do programa Conversa com Bial e falou sobre a relação com Regina Duarte, além de tratar sobre como foi o período em que a mãe trabalhou na área política. No ano passado, Regina se tornou secretária de Cultura do governo Bolsonaro. Questionada por Pedro Bial sobre as polêmicas, a atriz revela que os comentários foram divididos entre críticas e apoios.

“Não somos a mesma pessoa. Esse momento foi muito forte. Pessoas que não tinham tanta relação comigo me apoiaram muito. Mas teve o lado duro de pessoas me julgando, cobrando de ter que me posicionar. Para fazer o quê? Apedrejar sua mãe em praça pública?”, contou.

Gabriela falou ainda sobre as ameaças que recebeu após a mãe deixar o cargo alguns meses depois: “Foi um período muito difícil. Já não bastasse estar no período da pandemia, e ainda ter que lidar com isso. Recebi muitas ameaças, isso nunca me passou pela cabeça que seria possível. Tenho tudo documentado, mas é bizarro”.

A filha contou também que a decisão de Regina não foi discutida em família: “Ela fez um comunicado. Era um desafio. Não tem que consultar os filhos, tem que comunicar”. O apresentador perguntou sobre as eleições de 2018 e Gabriela confessou que no primeiro turno votou em Ciro Gomes: “No segundo turno, eu não me sentia representada por nenhum lado. Infelizmente eu anulei meu voto”.

Fonte: Correio Braziliense