Como descobrir de quem é um número de celular

Com a disponibilização facilitada de dados na internet, como números de celular, muitas pessoas acabam recebendo ligações indesejadas com frequência — seja de desconhecidos ou de empresas que querem vender algum produto ou serviço, ou ainda realizar cobranças. Nestes cenários, pode ser muito útil descobrir a origem do número, seja para bloqueá-lo devidamente ou para realizar uma reclamação formal, no caso de empresas, por exemplo.

Outra situação na qual isso pode ter utilidade é quando se encontra um celular de outra pessoa. Uma vez descoberto o número, é possível identificar o dono. Através deste método, o processo de devolução se torna bem mais prático e rápido. Dito isto, confira a seguir algumas formas de descobrir o titular do número de telefone:

Descobrir o titular de números conhecidos

a

Os métodos abaixo são aplicáveis às hipóteses nas quais o usuário consegue identificar o número, que é exibido com DDD e os demais dígitos. Se for este o caso, o processo é bem mais simples. Abaixo, estão as formas mais comuns e fazê-lo:

Ligar de volta

Embora pareça óbvio, essa estratégia ainda é a mais simples e não poderia ficar de fora desta lista. Caso a pessoa atenda, identifique-se e converse de forma amigável, explicando os motivos pelos quais você não deseja receber ligações futuras. E lembre-se: isso vale tanto para pessoas quanto para empresas, caso você não queira comprar os produtos oferecidos ou seja alvo de cobranças indevidas ou insistentes.

Vale lembrar que existem vários números comerciais programados para não receber ligações. Nessa hipótese, retornar a ligação não surtirá efeito algum.

Pesquisar o número em site de buscas

a

Outra alternativa muito eficaz é buscar o número em sites de buscas como Google e Bing. Isso porque, frequentemente, usuários e empresas divulgam seus números de contato na internet e é possível que eles estejam indexados. A depender do caso, os resultados podem ser bastante detalhados, com nomes, razões sociais e até mesmo endereços físicos.

Ainda é possível utilizar serviços de buscas ligados à Deep Web, que são mais especializados e oferecem mais chances de sucesso. Caso queira se aventurar por esse caminho, atente-se: é preciso tomar cuidados em relação à segurança do seu computador. Diante dos riscos oferecidos, não recomendamos esse método.

Buscar o número nas redes sociais

Se você não obtiver resultados satisfatórios com a pesquisa anterior, vale pedir reforços ao Twitter, Facebook e outras redes sociais. Aqui, é mais fácil encontrar o titular do número quando este for uma pessoa física, já que muitas pessoas associam seus números à conta. No Facebook, é interessante buscar pelo termo “meu número (contato) de telefone”, pois muitos usuários trocam contato dessa forma em post públicos ou entre amigos.

Usar listas públicas

a

Se o número estiver ligado a uma empresa, talvez você identifique o seu titular em sites de listas públicas comerciais, como TeleListas.net, Lista Amarela ou ainda o 102 Busca. Ao contrário das redes sociais, esse método é apenas aplicável a pessoas jurídicas, ou seja, a uma empresa. Além disso, as chances são maiores quando o número é fixo.

Descobrir titular de números desconhecidos

Frequentemente, as ligações não identificam os números, exibindo mensagens como “chamada restrita”, “número privado” ou “00000” e outras variantes. Dessa forma, o usuário não é capaz de anotar o número e utilizar os métodos anteriores. Ainda assim, é possível descobrir o responsável pela chamada, através de medidas mais drásticas. Confira abaixo:

Utilizar apps identificadores

a

Para o serviço, você pode baixar alguns aplicativos, como Truecaller e Whoscall, que possuem uma base de dados com números identificados como spam pelos usuários. Esses programas são especialmente úteis para evitar ligações de telemarketing e estão disponíveis tanto para iPhone (iOS) quanto para Android, além de terem versões para web.

Ambos funcionam de modo semelhante, identificando ligações e SMS privados, com opções de bloqueio para evitar chamadas de cobrança, propagandas, golpes e trotes.

Serviços adicionais oferecidos por operadoras

Embora muitos usuários não saibam, as operadoras oferecem serviços adicionais pagos que permitem, entre outras coisas, a identificação de ligações anônimas. Ainda é possível pagar um valor extra para retornar a última chamada, mesmo que seja anônima, e rastrear as ligações (serviço que te encaminha para as autoridades responsáveis ao fim da ligação).

Há também um serviço conhecido como “armadilha de chamadas” que, embora seja gratuito, exige do usuário uma postura mais ativa. Nesse caso, a operadora determinará um prazo para que ele registre os dias e horários das chamadas.

O que fazer após identificar o titular?

a

Evidentemente, o procedimento varia conforme o teor das ligações. Se você estiver recebendo chamadas de telemarketing, é possível solicitar que seu número seja removido das listas de contato ou ainda bloquear a empresa através do site Não Me Perturbe (https://www.naomeperturbe.com.br).

Caso seja uma pessoa física do outro lado da linha e você tenha sofrido assédio, calúnia ou ameaças, a melhor atitude é abrir um Boletim de Ocorrência, mesmo quando o responsável não for identificado de início.

Com o número em mãos e o registro da chamada, é possível fazer o registro e iniciar uma ação judicial, solicitando a quebra do sigilo telefônico junto à operadora. Nesse caso, após ir à Delegacia de polícia, é recomendado acionar um advogado ou a Defensoria Pública para obter as orientações necessárias.

Com informações Tecmundo

Fonte: Segurança na Tecnologia